Outubro Rosa

Desde a década de 90, o Outubro Rosa é um dos mais importantes movimentos mundiais de conscientização para o controle do câncer de mama.

Celebrada anualmente, a data tem sido fundamental para o compartilhamento de informações sobre a doença, contribuindo para o tratamento preventivo, redução da incidência de casos e mortalidade de mulheres em todo o mundo.

No Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), do Ministério da Saúde, estima-se a ocorrência de 66.280 novos casos para cada ano do triênio 2020-2022, o que corresponde 29,7% dos cânceres em mulheres, excluindo-se os tumores de pele.

A importância de exames preventivos

Segundo o Instituto Oncoguia, diagnosticar o câncer precocemente aumenta significantemente as chances de cura, 95% dos casos identificados em estágio inicial têm essa possibilidade. Por isso, a mamografia é imprescindível, sendo o principal método para o rastreamento da doença.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) das 11,5 milhões de mamografias que deveriam ter sido realizadas no ano passado, apenas 2,7 milhões foram feitas. A diminuição acentuada do exame é um fator de risco para milhares de mulheres e um alerta para a importância da campanha.

O objetivo dos exames diagnósticos de rotina é encontrá-lo antes mesmo de causar sintomas. A identificação precoce destes aspectos não somente indica o caminho adequado do tratamento, bem como influencia decisivamente na cura. Para tanto é importante que as pacientes estejam conscientizadas da necessidade na realização dos exames anuais de rotina.

A prevenção primária do câncer de mama está associada a diversas práticas diárias como por exemplo: praticar atividade física, manter o peso corporal adequado, adotar uma alimentação saudável e evitar ou reduzir o consumo de bebidas alcóolicas. Amamentar é também um fator protetor.

A AllCare acredita no poder do conhecimento para a mitigação da doença e, mais uma vez, participa durante todo o mês de outubro, com campanhas informativas sobre a prevenção da doença, utilizando seus canais de comunicação com corretores parceiros, beneficiários e público em geral.



Conheça a cartilha "Câncer de Mama: vamos falar sobre isso?" do INCA: Clique aqui